Tráfego aumenta, e estradas do PR têm lentidão na volta do feriado

A quantidade de veículos na volta do feriado prolongado de Ano Novo aumentou nas principais rodovias do Paraná por volta das 9h desta segunda-feira (5). Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), há vários pontos de lentidão, mas sem congestionamento. Às 9h40, 1.210 veículos seguiam do litoral para Curitiba pela BR-277. O volume é considerado acima do normal. Conforme a concessionária que administra o trecho, Ecovia, aproximadamente 19 mil motoristas devem retornar das praias do estado ao longo desta segunda.

No sentido da rodovia que liga o interior à capital, pouco mais de 1,8 mil veículos também retornavam do feriado. A previsão da concessionária Rodonorte, responsável pelo trecho, é de que o movimento intensifique a partir das 10h. Ao todo, 38 mil motoristas devem passar pelos dois sentidos da rodovia nesta segunda-feira. O volume é 35% maior em relação a dias normais.

Na BR-376, que faz ligação entre o Paraná e o litoral de Santa Catarina, a quantidade de veículos também aumentou após as 9h. Conforme a contagem feita pela PRF às 10h, quase dois mil veículos passavam pela rodovia em direção a Curitiba. Por volta das 9h, em Guaratuba, um carro saiu da pista e capotou. O motorista teve ferimentos leves e foi socorrido no local. 

Na noite de domingo (4), mais de 40 mil veículos passaram pela rodovia em direção à capital. Em alguns trechos foram registrados 33 quilômetros de lentidão, segundo a PRF.

Rodoviária
Milhares de passageiros de ônibus também devem retornar do feriado prolongado na manhã desta segunda-feira pela rodoviária da capital. A previsão da Urbs, empresa que gerencia o serviço no terminal, é de que aproximadamente 20 mil passageiros desembarquem até as 8h30. De acordo com a empresa, o índice é o dobro do que em períodos normais.

Durante o feriado, mais de 130 mil passageiros utilizaram as linhas estaduais e interestaduais para viajar durante as festas de fim de ano.

 

Post - Andressa Pinheiro - Sintracoosul  - Paranaguá - Paraná

Fonte - Do G1 PR